Untitled Document
 
Home
Conheça-nos
Equipe
Serviços
Fique Sabendo
Casos clínicos
Convênios
Parceiros
Como chegar
Contatos
 
Área do Paciente
Cadastro
Agendamento
Aniversariantes
Antes e depois

 
 
   

Higienização com aparelho fixo

 

Dra. Wilma JH. Martins (23/11/2009)


A higienização é fundamental para o paciente que está em tratamento ortodôntico com aparelho fixo.

A higienização consta de:
- Escovação – no mínimo 4 vezes ao dia, sendo: após o café da manhã, após o almoço, após o jantar e antes de dormir.
- Fio dental – é muito importante o uso correto do fio dental pelo menos 1 vez por dia.
- Colutórios para bochechos – existem vários tipos de colutórios (Cepacol, Flogoral, Listerine, etc.) e estes ajudam na redução da flora bacteriana da boca e facilitam a remoção da placa bacteriana.

Na escovação, você deverá dividir as regiões a serem higienizadas em: dentes e aparelho. 

A placa bacteriana vai se formar sobre o esmalte dental e sobre os aparelhos também. A escovação deve ser feita por grupos de 2 dentes, sendo sempre respeitada uma ordem a sua escolha, onde, repetindo sempre esta ordem, você irá se acostumar e nunca vai deixar de escovar qualquer região da boca.


Você deverá fazer o uso de escovas dentais extra-macias e sempre com as cerdas retas (quando as cerdas estiverem tortas, você deverá trocar de escova) fazendo movimentos circulares, ora na região do dente próxima à gengiva e ora sobre os brackets e o restante dos dentes. Estes movimentos devem ser feitos na parte externa e na parte interna de todos os dentes. Na região oclusal (face de contato dos dentes com os alimentos) o movimento na escovação seria o de vai-vem.  

Para se utilizar o fio dental em pacientes com aparelhos fixos, são utilizados acessórios para facilitar este ato, chamados de passa fio. Este dispositivos são semelhantes a uma agulha de costura, em plástico maleável, e que deve ser usado passando o fio dental por entre o orifício de uma das pontas e depois passando por entre os dentes. 


 

FONTE: Revista APCD, 2002.
Bibliografia Consultada
Revista APCD. 2002 maio-junho; 56(3).